Redução de custo na empresa: 3 passos práticos

Um negócio dinâmico não permite espaços para desperdícios. Por isso, quanto mais prática e produtiva for a rotina, melhor para otimizar os resultados, cortar despesas e gerar mais lucro. O importante é fazer isso sem prejudicar o capital humano da empresa. Então, como fazer a redução de custos, de forma justa e honesta?

Se você tem essa dúvida, saiba que é possível gerenciar os recursos, melhorar a mão de obra e ter um ambiente de trabalho saudável para todos. Acompanhe as dicas de hoje para reduzir gastos na folha de pagamento, sem afetar os seus colaboradores. 

3 passos para a redução de custos na empresa

Uma empresa não é feita apenas de lucro, porque isso não se sustenta ao longo do tempo. Ainda que as vendas sejam essenciais para dar oxigênio ao negócio, é preciso pensar em estratégias que funcionem no decorrer da vida útil do empreendimento. Veja essas sugestões. 

1. Use um sistema de gestão automatizado

A tendência é aproveitar cada vez mais o avanço tecnológico para facilitar a rotina de trabalho. Muitas ferramentas de gestão conseguem substituir o trabalho braçal, ajudando a produzir ainda mais, mesmo com menos colaboradores. 

Um sistema de gerenciamento evita esforço manual, usando o tempo para melhorar as questões logísticas da companhia. Essa integração permite melhores tomadas de decisão, já que trazem dados precisos que podem evitar gastos desnecessários no pagamento de salários. 

2. Tenha um banco de horas

A nova geração de profissionais traz muito forte valores de liberdade e flexibilidade como tendência no mercado. Por isso, nem sempre é preciso ter um padrão de horas de trabalho para conseguir uma boa entrega para a empresa.

Portanto, o banco de horas é uma ótima alternativa e auxilia no fechamento da folha de pagamento. Com ele, a corporação paga menos horas extras e oferece uma troca justa com o profissional: as horas trabalhadas a mais, por horas de descanso. Vale a pena entrar em acordo com a equipe sobre essa opção.

3. Controle as justificativas de atrasos e faltas

Em um negócio que tem diversos funcionários, não é incomum surgirem imprevistos como atrasos e faltas. Fazer o controle manual é muito delicado, porque pode ocorrer uma falha na precisão desses horários e justificativas. 

Um sistema de ponto eletrônico ainda é a melhor forma para poupar o tempo do gestor e também do colaborador. Os dados ficam armazenados de forma segura, evitando erros no momento de conferir a carga de trabalho.

Se um profissional faltar demais ao longo do ano, pode ter um desconto nas suas férias. Isso também vale para aqueles que não trazem atestados médicos em suas ausências. 

Dica Bônus: Contrate autônomos

Uma equipe reduzida pode ser muito mais produtiva, contato que tenha profissionais de excelência no time. Para compensar qualquer demanda extra que precise de mais funcionários, você pode contratar autônomos

Além de reduzir gastos com burocracias trabalhistas, você convoca profissionais altamente capacitados e apenas quando for necessário para uma data ou evento específicos. Essa alternativa é chamada de Gig Economy e já faz grande sucesso no Brasil e no exterior. 

Seguindo esses passos, você consegue fazer a redução de custo na empresa de forma prática e valorizando a sua equipe! Então, já anote as estratégias que combinam mais com o seu negócio e parta para a ação. Se você gostou desse conteúdo, não deixe de conferir como fazer a redução de custos para RH.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *