A Gig Economy veio para ficar: entenda

Não é novidade para ninguém que as relações pessoais e profissionais sofreram alterações significativas nos últimos anos. De modo ainda mais intenso, com a chegada e o fortalecimento de alternativas de emprego como a Gig Economy, o cenário encontrado pelo trabalhador foi ainda mais modificado desde 2020 e suas surpresas. 

Para não perder as oportunidades ou ficar para trás, é fundamental estar sempre atento às novas oportunidades. Afinal, o conhecido modelo de trabalho regido por horários e reuniões, já ficou no passado e quem não se atualizar, fica estagnado e sem lucros.

Não sabe como conquistar a sua liberdade financeira e aproveitar todas as vantagens do revolucionário modelo de trabalho proposto pela Gig Economy? Então, esse texto é mesmo para você. 

Continue a leitura e descubra agora porque você não pode ficar de fora dessa tendência.

A oportunidade do futuro

Quando os trabalhos temporários oferecidos pelo sistema Gig Economy começaram a ganhar espaço no universo corporativo, muitos duvidaram da sua durabilidade e questionaram a eficiência desse modelo. Aqui entra aquela velha história de que “o novo causa desconfiança”.

No entanto, essa realidade mostrou que é ainda mais forte com a chegada da pandemia de Coronavírus. O período em que milhares de trabalhadores precisaram recorrer a novas alternativas para garantir o pagamento de suas contas e o sustento de suas famílias e lares. 

Isso sem contar o avanço constante da tecnologia que, diariamente, traz recursos e ferramentas que além de promissores, facilitam o contato entre contratante e contratado. 

Praticidade e flexibilidade são as palavras-chave das relações estabelecidas pelo Gig Economy e longe das rigorosas regras do mercado de trabalho habitual. Não há quem não se interesse por essa nova vida oferecida por essa modalidade.

Há lugar para todo mundo no Gig Economy

Um grande engano é pensar que os serviços oferecidos pelo Gig Economy são limitados e pautados por complicações. A cada dia, a lista de opções para oferecer e contratar aumenta. 

Por meio das plataformas digitais, os profissionais freelancers encontram as melhores vagas. Assim como aqueles que desejam explorar os seus talentos em consultorias e  mentorias. 

Há lugar para todo mundo! Seja cabelereiro, advogado, esteticista, massagista, músico, jornalista, pintor, médico etc. Não importa! Desde que faça corretamente o seu cadastro e detalhe as suas competências, essa é a sua chance de maximizar os seus lucros.

A boa notícia é que além do aumento no faturamento, quem escolhe essa alternativa que ficou para ficar, experimente o doce sabor da autonomia, onde quem determina a carga horária, com quem se trabalhar e quando negar um serviço, é o próprio freelancer

Com tantas vantagens e oportunidades assim, só integra a taxa de desemprego e continua se queixando de um trabalho e cargo que já não satisfaz, quem quer.

Gostou desse conteúdo? Então, aproveite e responda qual o seu sonho: ter o seu próprio negócio e prosperar ainda nos tempos de crise ou assistir na plateia outras pessoas, conhecidas ou não, transformarem as suas vidas por meio do Gig Economy? Deixe sua resposta nos comentários. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.